segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Voltar atrás

Eu não vou mais olhar nos seus olhos,
Eu não vou mais ouvir suas desculpas,
Eu não vou reparar nas suas lagrimas,
Eu vou te deixar se ferir pela primeira vez.
 
Eu vou esquecer,
Cada palavra sua que me fez chorar,
Cada mentira que você me contou.
Eu vou esquecer de você.
Eu vou construir um novo caminho,
E não irei voltar atras nessa decisão.
 

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Back My Love

I do not want to live like this anymore
Without you my life is so bad
This empty
From the day you left
My peace, my illusion is gone
I'm sad

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Inimigo Imaginário

Quando está sozinho
Sem ninguém para te ajudar
Quando está sozinho
e você pensa que nada vai piorar
Um inimigo imaginário
Vai te acompanhar
Se você parar pra pensar
Vai perceber que tudo vai piorar

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Sede de Amor


 Cena do Filme "Bonequinha de Luxo"

"Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa, amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita" - Carlos Drummond de Andrade

Eu te falo que entre nós, ta tudo errado
Você diz que entre nós dois, fui o culpado
Dessa historia, desse amor mal terminado
Quando sai da sua vida eu falei
Que não iria voltar,mas eu voltei
Pois a solidão invadiu o meu viver
Quando você seduziu minha paixão
Foi um tiro certeiro no meu coração
Duas pedras na mesma direção
Duas almas gêmeas pra amar

terça-feira, 15 de junho de 2010

Como seria

“Como seria se”... Nunca mais!
Não vou mais cogitar sobre o que nem sei.
Suposições não me deixam dormir,
Quero paz pra mim.
Se me deixo viver quero ver aonde vai.
Se olho pro tempo me prendo demais.
Não!
Não quero mais viver assim!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O Apogeu

Pensar que tudo pode mudar
(e enfim estou aqui)
E então se tudo pode mudar, aonde você vai chegar?
Pra onde vou?
Pra onde vai?
E quem eu sou?
Tempo que não volta atrás
(aonde eu me perdi)
Se for amigos, chances que, jamais vão voltar, não vai
Voltar.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Eu Preciso Te Dizer


 
Eu preciso dizer o quanto ainda te amo
Eu preciso contar o quanto ainda te quero
Eu preciso te dizer o quanto eu gosto de você

O que é que eu faço pra você me ouvir?
O que fazer então nas noites de abandono?

Nada mais me resta que o vazio do meu quarto
E o frio dessa saudade dentro do meu coração